Marketing Digital 22/09/2016

8 empresários brasileiros de sucesso que você deveria conhecer

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Qualquer profissional que pretenda ter sucesso necessita de acompanhar constantemente outras pessoas que tenham atingido patamares mais elevados. É comum vermos pela internet frases, imagens e reportagens sobre Steve Jobs, Richard Branson ou Bill Gates. Todos são, e muito bem, considerados grandes génios dos nossos tempos. Mas além destas pessoas de sucesso, existem outras que estão um pouco mais próximas de nós. Estou falando de empresários brasileiros de sucesso que, todos os dias, partilham com outras pessoas nas redes sociais mensagens interessantes e que são de grande valia para todos aqueles que tenham o sonho de começar o seu próprio negócio.

No entanto, algum desses nomes são esquecidos por parte do grande público, que tem tendência para considerar que “o que vem de fora é melhor”. Na verdade, existem pessoas com muito valor tanto no Brasil como em Portugal e temos de dar ainda mais valor a quem faz sucesso falando a nossa língua. Por isso, decidi criar este post, onde dou a conhecer oito empresários brasileiros bem sucedidos que acompanho constantemente e aconselho que dê uma olhada em cada um deles. Grande parte começaram em famílias humildades e foram construindo os seus impérios, sendo neste momento pessoas de renome na economia nacional. Como é óbvio, não conheço todos nem sequer consigo acompanhar todos os grandes empresários deste país. Por isso, se você acompanha outros grandes nomes do mundo dos negócios brasileiro, considere deixar um comentário logo abaixo que certamente tanto eu como os leitores ficaremos eternamente gratos. Segue a lista!

1. FLÁVIO AUGUSTO

Em 1995, com apenas 23 anos, decidiu lançar a empresa Wise Up, um projeto inovador que tinha como objetivo ajudar adultos que quisessem aprender a língua inglesa. “Revolucionamos o ensino do inglês no Brasil”, referiu o empresário em uma das suas entrevistas. Mas nem tudo foi fácil ao início. Para conseguir financiamento, ele utilizou 20 mil reais do seu cheque especial com juros de 12% ao mês. Flávio Augusto veio de uma família de classe média da zona oeste do Rio de Janeiro. Casado e pai de 3 filhos, ele divide o tempo que investe nos seus negócios com outro projeto: a Geração de Valor. Todos os dias ele partilha informação no Facebook, Twitter e Youtube, tendo já milhões de seguidores em todo o mundo. Atualmente nos Estados Unidos, Flávio Augusto partilha mensagens com o intuito de motivar o povo brasileiro para a mudança de mentalidade, muito ao estilo de Richard Branson. “É preciso abrir a mente do jovem e encorajá-lo a criar seu próprio negócio”.

2. PEDRO SORREN

Pedro Sorren Empresário

É uma das pessoas que acompanho constantemente e até já falamos aqui na Escola Freelancer sobre alguns projetos dele. Pedro Sorren é um jovem brasileiro que começou estudando jornalismo mas depois mudou completamente o rumo da sua carreira, trabalhando agora como business development manager. Atualmente é aluno internacional da Boulder Digital Works, uma das destacadas escolas de Digital Business do mundo. Foi um dos fundadores da resolva.me, que mais tarde se transformou na Recomind.

Clique aqui para saber um pouco mais: Pedro Sorren

3. DAVID CAMELÔ

David Camelô

Já falamos sobre ele neste nosso artigo mas nunca é demais recordar este empresário que começou do nada. O seu percurso teve início num dia bastante peculiar. Morador de rua, David Camelô tinha a sua mulher grávida e precisava de comprar um medicamento. Como não tinha dinheiro, pediu emprestado a um porteiro do prédio. Ele deu para David 12 reais. Mas ao invés de ir comprar o remédio ele resolveu comprar algumas balas e vendê-las na rua. Com esta opção arriscada, acabou duplicando o valor que ele tinha, comprou o remédio e depois continuou vendendo balas. É conhecido por ter conseguido transformar 12 reais em 120 mil reais por mês e foi até considerado um dos melhores palestrantes sobre empreendedorismo a nível mundial.

Clique aqui para saber um pouco mais: David Camelô

4. BEL PESCE

Bel Pesce

Bel Pesce ouviu falar sobre o MIT (Massachusetts Institute of Technology) pela primeira vez quando tinha apenas 17 anos e com isso surgiu um sonho. Mas um sonho um pouco improvável: apenas 100 pessoas em todo o mundo são aceitas a cada ano. Eram 3.500 propostas para 100 vagas. E para piorar a situação, Bel Pesce tinha pouco dinheiro e só tomou conhecimento do prazo de inscrição alguns dias antes. Para tentar resolver o problemas, a jovem resolveu procurar por um ex-aluno do MIT para ser entrevistada por ele (para entrar no MIT é necessário ser entrevistada por um ex-aluno). Outro dos problemas era a prova de SAT, que Bel Pesce não tinha feito a inscrição. As provas vinham contadas dos Estados Unidos e normalmente não faltava ninguém. Mesmo assim, ela ficou esperando na porta da sala, vendo alunos entrando e saindo e olhando apenas para um lugar vago. Por milagre, essa pessoa faltou e ela conseguiu fazer a prova. Para surpresas das surpresas, passado alguns meses recebeu uma carta dizendo que foi aceita.

Passado alguns anos os resultados começaram a aparecer: Bel Pesce fez um estágio na Microsoft e mais tarde trabalhou na empresa Lemon, um aplicativo para finanças pessoais. Ela também ficou mais conhecida no Brasil depois de criar o ebook A Menina do Vale, que conta a sua história sobre empreendedorismo.

Clique aqui para saber um pouco mais: Bel Pesce

5. SÍLVIO IGOR

Silvio Igor palestrante

Sílvio Igor é um borracheiro especialista em atendimento. Ele é já famoso pelas suas palestras onde ensina como as empresas devem fazer um bom atendimento para dessa forma melhorarem os seus resultados. Tudo começou de uma forma muito simples: com apenas algumas ferramentas manuais, Sílvio Igor começou a sua primeira borracharia. Ele ouviu apenas um conselho do seu pai: “Dedique-se de coração”. Como não tinha dinheiro para fazer propaganda, ele teve uma ideia: “Vou atender maravilhosamente bem os meus clientes, de forma a que eles regressem para mim. Então comecei a ficar apaixonado pelo assunto”.

A sua história como palestrante começou depois de um cliente gostar tanto do seu atendimento que convidou Sílvio Igor a falar um pouco na sua empresa. Depois foram surgindo novos convites e o nome deste borracheiro foi se espalhando por todo o Brasil.

6. MARCELO OSTIA

Marcelo Ostia

Mais um antigo morador de rua que fez sucesso no mundo dos negócios. Aos 18 anos, montou o seu primeiro negócio e tudo parecia ir dando certo, até que a sua empresa de estamparia de roupas faliu. “Era filho de papai e por isso não deu certo”, contou o empresário pouco tempo depois. Sem dinheiro, foi para São Paulo com 50 reais e tentou vender peças personalizadas. Durante um mês sobreviveu com apenas 4 reais por dia. Para não dormir na rua, Marcelo Ostia alugou uma vaga de estacionamento em São Paulo. Dormia com um cobertor velho e usava camisetas com defeitos como travesseiro.

Marcelo conseguiu a sua primeira casa apenas três meses depois de chegar a São Paulo, através do convite da mãe de um colega. Entretanto, a sua namorada ficou grávida e Marcelo Ostia foi obrigado a conseguir um emprego numa fábrica, onde ganhava o salário mínimo. Apesar do esforço, os valores não chegavam para cobrir as despesas e ele foi obrigado a vender camisetas a part-time através de um portal. Juntou 300 reais e montou um site para vender as peças. O sucesso começou a aparecer e aos poucos Marcelo deixou de ser emprego e passou, novamente, ao empreendedorismo. Atualmente fatura mais de 100 mil reais por mês, tem um loja própria num shopping da cidade de Itu e conta com 340 franquias por todo o Brasil.

Clique aqui para saber um pouco mais: Marcelo Ostia

7. VALDIR

Valdir vendedor de pipocas

Outro dos empresários de sucesso que falamos aqui no nosso blog e você pode ficar a saber a história deste vendedor de pipocas clicando aqui. Valdir não merece o destaque nesta lista por faturar vários milhões de reais todos os anos, mas sim pela forma inovadora como ele transforma um simples negócio de venda de pipocas num caso de sucesso. Valdir não se preocupa em apenas vender pipocas: ele quer dar uma boa experiência ao seu cliente. Então ele faz promoções, trabalha com profissionalismo e tenta dar alegria aos seus clientes, tudo isto por trás de um simples carrinho de pipocas. Já mereceu até destaque em vários canais de televisão e já deu palestras em várias cidades do País.

Clique aqui para saber um pouco mais: Valdir vendedor de pipocas

8. MARCO GOMES

Marco Gomes da Boo-Box

Com apenas 20 anos, Marco Gomes fundou a Boo-Box, uma empresa que faz a ponte entre o anunciante e os donos de blogs e sites. Depois, consoante as vendas, os donos das páginas recebem uma comissão. Com o sucesso inicial, o projeto acabou por atrair vários investidores que acreditaram na ideia. Atualmente, a empresa conta com 30 funcionários. Apesar do sucesso, a Boo-Box tem tido alguns problemas com atualizações do seu site e atrasos de pagamentos com alguns dos donos de sites e blogs.

Clique aqui para saber um pouco mais: Marco Gomes

CONCLUSÃO

Quando existe uma dificuldade, todos temos duas hipóteses: usá-la como desculpa ou contorná-la. Todos os nomes que estão acima optaram por contornar as dificuldades e criar oportunidades nas suas vidas. Cabe a si, enquanto empreendedor ou freelancer, criar as suas próprias chances e acima de tudo, aproveitá-las. As histórias acima servem apenas como motivação. Chegou o momento de você começar a criar a sua própria história.

Abraços e até já!

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.