Marketing Digital 22/09/2016

Estudo: estratégias de blogging que deram certo em 2016

Luciano Larrossa Publicado por Luciano Larrossa

Com o início de um novo ano, é normal que avaliações sobre tendências e comportamentos sejam feitos em praticamente todo tipo de mercado ou indústria, seja ela física ou digital, principalmente nas áreas de marketing. O HubSpot publicou um estudo feito pela Orbit Media Studios com cerca de 1000 blogueiros profissionais para analisar estes fatores e como eles vêem os resultados de suas ações. Ele traz conclusões muito bacanas e algumas dicas que podem ser úteis para você aproveitar e usar no seu blog. Confira algumas delas ao longo do texto e deixe um comentário no final contando o que achou delas!

Leia também: 31 melhores ferramentas grátis de Marketing Digital

Tendências dos anos anteriores

Tomando como ponto de partido os anos de 2014 e 2015, o estudo revelou as seguintes estatísticas sobre publicações em blogs nestes anos:

estudo-blogs-passado

  • Em 2014, a maioria dos blogueiros levavam cerca de 2 horas por post. Um ano depois, a duração passou para 2,5 horas por post em 2015;
  • 5% dos blogueiros publicavam artigos diariamente em 2014. Esse número aumentou no ano seguinte;
  • 80% dos blogueiros em 2014 publicavam artigos com 1.000 palavras ou menos. Em 2015, posts com 1.500 palavras tiveram um aumento de 72% em relação ao período anterior;
  • Mídias sociais já eram o principal canal de marketing em 2014, com 94% dos blogueiros divulgando seus artigos nelas;
  • O uso de imagens aumentou nos artigos publicados em 2015.

Quais resultados os blogueiros registraram em 2016

Os produtores de conteúdo pesquisados foram questionados sobre como avaliavam a performance de marketing durante o ano. Mais da metade (54,3%) declarou que seu blog teve bons resultados, embora não excepcionais. Em segundo lugar, cerca de um quarto (24,5%) dos blogueiros consideraram seus resultados extraordinários. De resto, 12,3% não souberam dizer se seus blogs entregavam valor e apenas 8,9% se disseram desapontados nessa área.

Isso indica que não será tão cedo que os blogs deixarão de ser efetivos, já que uma significativa maioria – 78,8% de bons resultados contra 21,2% – consideraram o retorno de seu blogs satisfatórios. Ou seja, pouco mais de três quartos (3/4) tiram proveito da plataforma.

Menos não é mais quando se trata de blogs

Além do aumento de postagens diárias, o tamanho dos textos e do tempo médio que um produtor de conteúdo para blogs tem acompanhado essa tendência. Conforme mostrei anteriormente, a média de tempo para conclusão de textos aumentou em meia hora de 2014 para 2015. Em 2016 tivemos um novo aumento em cerca de 45 minutos no tempo para escrever um post. Em 2016, o tempo médio passou para 3 horas e 15 minutos.

Um dado relevante em relação ao tempo de escrita mostrou também que uma pequena parcela de 12% leva por volta de 6 horas em um artigo. Apesar de ser uma enorme quantidade de tempo, os pesquisados que revelaram esse tempo para produzir os posts fazem parte, em maioria, aos 24,5% que registraram excelentes resultados.

estudo-blogs-tempo

O número de palavras médio de cada blog post aumentou junto ao tempo que se leva para redação. No ano que passou, o tamanho médio dos artigos ficou em 1.050 palavras, 19% a mais que em 2015. Os produtores de conteúdo que aumentaram o número de palavras de seus posts também se incluem nos que registraram melhores resultados. Outras estatísticas:

  • O número de artigos com menos de quinhentas palavras caiu pela metade em relação à 2015;
  • Em contrapartida, artigos com mais de 2.000 palavras dobraram na comparação;
  • A maioria dos blogueiros usam mais de uma imagem em um artigo;
  • A inclusão de vídeos em publicações aumentou em 15%;
  • Menos de 3% dos posts contém áudio.

Dica: Em dúvida sobre que tipo de blog post escrever? Confira 30 ideias que pode usar agora mesmo!

Aumento nos anúncios pagos

Levando em consideração anúncios pagos, os pesquisados reportaram que estão investindo mais em anúncios e promoção de posts nas redes sociais. Mesmo que há dois anos atrás a média de 94% dos blogueiros já preferisse comprar anúncios em redes sociais, a taxa permaneceu crescendo nos anos subsequentes. Em 2016, 96% destes profissionais têm preferido promover seus posts.

O investimento em SEO também teve um aumento considerável, sendo o segundo preferido e usado por 58% dos entrevistados. Teve crescimento de 13%. O email marketing foi o de segundo maior crescimento em relação a dois anos atrás, com 60% de crescimento, sendo usado também por 58% dos pesquisados.

Os influenciadores também registraram grande crescimento – 62% de crescimento de 2014 a 2016 -, com utilização de 25% dos blogueiros. A menos popular foi a mídia paga, com 15% de uso, mas com o maior crescimento, 300% maior que sua participação em 2014. Em contrapartida, a comparação entre os entrevistados que registraram melhores resultados com seus blogs e essa estatística revelou algo curioso: os anúncios pagos menos populares são os que mais renderam. Confiram no ranking abaixo:

  • 5° lugar – Promoção de posts nas redes sociais;
  • 4° lugar – SEO;
  • 3° lugar – Anúncios por email;
  • 2° lugar – Influenciadores;
  • 1° lugar – Mídia paga.

estudo-blogs-anuncios

Aumento no tempo, diminuição da frequência

Apesar do aumento na frequência de posts de 2014 para 2015, o ano passado registrou uma nova queda na constância de novos artigos, de acordo com a pesquisa. O número de artigos diários diminuiu bruscamente de 2015 para 2016, com decréscimo de 53%. Consequentemente, publicações semanais e mensais registraram aumento.

Comparando os dois últimos anos, foram registrados aumento de 7% nos posts semanais e 38% em artigos mensais. Porém, a regra para resultados mais fortes permanece: os pesquisados com maior frequência foram os que registraram melhores números.

Quais estratégias de blogging deram certo em 2016?

Os pesquisados que registraram melhores resultados foram apresentados com uma questão extra: o que blogueiros fazem de diferente para conseguir excelentes números? As respostas foram variadas e a pesquisa divulgou as mais frequentes. São elas:

  • Eles investem mais tempo na confecção de seus posts;
  • Suas publicações possuem maior tamanho e incluem mais mídia – vídeos e imagens;
  • Eles promovem seus posts nas redes sociais e ocasionalmente investem em anúncios online;
  • São mais dedicados a avaliarem os analytics do blog;
  • Postam mais frequentemente.

De 2014 a 2016: quais são as mudanças que podem ditar tendência para 2017?

Retornando às estatísticas que demonstrei no início dessa publicação, as comparei com o que aconteceu durante o ano que passou para traçar as prováveis tendências nas estratégias de blogging em 2017. Veja abaixo:

  • O tempo médio para confecção de um post continuou a apresentar crescimento gradual. Partindo de 2 horas em 2014 para 3h15min em 2016, estimo que o aumento continuará em 2017, principalmente levando em consideração os resultados dos 12% que registraram tempo de 6 horas para um artigo;
  • Novamente considerando a tendência do tempo para confecção dos posts, é possível que a frequência de artigos também venha a cair em 2017. Por outro lado, a queda deverá ser bem menor em comparação com os 53% desse ano;
  • O número de palavras por post deve seguir a tendência, mas a média dificilmente passará das 1.200 palavras por texto;
  • Apesar dos anúncios pagos terem chegado a 96% de popularidade entre blogueiros, essa média não deve cair. Especialmente porque o Facebook continua sendo um meio rápido de atingir os leitores do blog através do remarketing.

 

Leia também: 19 melhores cursos online sobre Marketing Digital

Agora é com vocês: quais estratégias os blogs deverão adotar em 2017?

Considerações feitas, agora é com vocês: quais estratégias acreditam ser acertadas para trazer resultados positivos para seus blogs durante o ano? Que aspectos acredita que fazem diferença para a melhora nos resultados de suas postagens? Vamos discutir estas questões logo abaixo!

Novo usuário?

Comece aqui

e-book “SEJA MAIS PRODUTIVO”

Baixe o ebook “Pensamentos sobre marketing digital”

Preencha os seus dados abaixo e receba esse e outros materiais por e-mail.